Fábio Palma | Acordeão

Fábio Palma nasceu em Lagoa, Algarve. O seu percurso musical como aluno passou pela Academia de Música de Lagos e pela Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco, onde adquiriu os graus de licenciado e mestre em ensino de música.
      A sua perspetiva artística polivalente tem-lhe possibilitado explorar diferentes áreas da música, dentro do clássico e contemporâneo, jazz, folk, world music, fusion e bandas sonoras. Igualmente tem explorado outras áreas artísticas, individualmente e em grupo, como a recitação de poesia e a representação dramática.
      Entre 2013 e 2014, frequentou um curso de Acordeão e Técnica Alexander em Itália, com Claudio Jacomucci e Kathleen Delaney, onde abordou vários aspetos da performance e interpretação musicais, associados a princípios de correção postural e eficiência.     
      Na última década tem sido convidado com regularidade a participar em gravações discográficas nacionais e internacionais. A par da atividade performativa em Portugal e na Europa, tem-se apresentado também fora do continente, com concertos em países como Angola e Colômbia.
      Participou em vários concursos nacionais e internacionais, enquanto músico solista e inserido em grupos musicais, tendo obtido excelentes classificações, com destaque para edições do concurso Folefest (1º prémio em solo e música de câmara), concurso de Jovens Interpretes de Caldas da Rainha (1º prémio ex-aequo), concurso Internacional de Acordeão de Castelfidardo, Itália (2º prémio em música de câmara) e Prémio Jovens Músicos (2º prémio em acordeão solo).
      Os seus alunos têm sido igualmente reconhecidos com excelentes prémios em vários concursos conceituados de acordeão.
      Atualmente integra grupos de música de distintos géneros, com destaque para o projeto de Teresa Salgueiro, Café D’Alma, MaZéi, Drama&Beiço e, numa vertente mais erudita, All Libitum Trio.