João Espadinha - GUITARRA

João Espadinha é um guitarrista e compositor português, nascido em 1991.

Natural de Cascais, começa a tocar guitarra aos 12 anos, tendo aulas com o professor Vasco Abranches. Em 2009 ingressa na Escola de Jazz do Hot Clube de Portugal, e durante 3 anos estuda em Lisboa, aprendendo com músicos como Afonso Pais, André Fernandes, Bruno Santos, entre outros. Neste período, apresenta-se diversas vezes em representação da Escola do Hot Clube em eventos como a Festa do Jazz do São Luiz, Dias da Música – CCB, entre outros, sendo ainda admitido no curso de Jazz da Escola Superior de Música de Lisboa.

No verão de 2012 ingressa no Conservatório de Amesterdão, aprendendo com professores como Jesse van Ruller, Maarten van der Grinten, Martijn van Iterson, Reinier Baas, entre outros. Nesse período estabelece contacto com músicos de diferentes nacionalidades e culturas, sendo esse um dos elementos mais enriquecedores da sua experiência em Amesterdão. É neste contexto que começa a trabalhar nas suas composições originais, formando consequentemente o seu grupo, no qual reúne três nacionalidades diferentes.

No final de 2017, lança o seu disco de estreia – Kill the boy, editado pela Sintoma Records, e apresentado para um Hot Clube de Portugal esgotado. O disco recebe críticas positivas de publicações como a Jazz.pt, Bodyspace e All About Jazz; sendo ainda mencionado nas listas de melhores discos de Jazz nacionais de 2017 por Nuno Catarino (Jazz.pt/ Bodyspace/ Público/ A forma do Jazz); e Leonel Santos (Jazzlogical.net), que destaca João como uma das revelações de 2017. Foi também seleccionado para a Mostra de Jovens Criadores, de 2019, no âmbito do concurso de Jovens Criadores 2018, promovido pela Fundação da Juventude.

Em novembro de 2018, o guitarrista foi premiado pela Fundação GDA com o Apoio para Edição Fonográfica de Intérprete, estando desde então a preparar aquele que será o seu segundo trabalho discográfico em nome próprio.

No seu percurso artístico e profissional, conta já com um vasto leque de actuações ao vivo tanto em  solo nacional como internacional, com destaque para actuações em nome próprio no Bimhuis Café, Amsterdam Blue Note, Hot Clube de Portugal, Teatro das Beiras, EDP CoolJazz, Cine-teatro Avenida, Quebra Jazz Fest, entre outros. Enquanto sideman, colaborou ao vivo com projectos como a Orquestra do Hot Clube de Portugal,  Desidério Lázaro – Moving, Joana Espadinha, entre muitos outros.